31 de julho de 2009

Conversa com cuidadoras

Ontem fomos eu e Katia, que faz parte do grupo de estudos sobre acompanhamento terapêutico, conversar com cuidadoras que trabalham numa residência terapêutica. O pedido veio da coordenadora que gostaria de trabalhar alguns temas referentes ao cuidado em relação ao envelhecimento das moradoras, mulheres com histórico de longas internações psiquiátricas.
Foi um encontro importante articulando a saúde mental e o envelhecimento pela via do cuidado. Mais detalhes em breve no site.
Natália Alves Barbieri

2 comentários:

Delia disse...

É incrível como o trabalho gerontológico está crescendo e evoluindo. As demandas são cada vez mais claras e específicas, também graças a nosso trabalho de construção permanente de propostas diversificadas sérias e responsáveis.

Maria Elvira disse...

Acho muito importante essas demandas que contribuem para o aprimoramento de nosso trabalho e nos incita a uma pesquisa constante.